Sesc RJ

Viajar para qualquer lugar: uma questão de planejamento

Com planejamento e organização é possível realizar o sonho de conhecer diferentes lugares do mundo. Durante dois anos, economizei e programei com antecedência a viagem que faria nas minhas férias (outubro deste ano) para o Peru. A menos de 5h de avião do Brasil viajar ao Peru, assim como a outros destinos da América Latina, pode sair, muitas vezes, mais barato do que uma visita ao Nordeste brasileiro. Apesar de mais conhecido por conta dos roteiros de Cusco (cidade conhecida tanto pelos sítios arqueológicos incas como pela arquitetura colonial) e Machu Picchu (cidade sagrada dos Incas, descoberta em 1911 e que, por ano, recebe milhões de turistas), o país tem outros atrativos, como localidades em que as atrações são as trilhas em paisagens nevadas deslumbrantes, lagunas azuis turquesa e fofas lhamas e alpacas (animais típicos da região).
Além do roteiro tradicional, este último percurso foi o meu preferido ao desbravar nossos irmãos latinos. A coisa que mais amo é estar em meio a natureza e, para quem gosta de aventura, recomendo colocar na lista de desejos o Peru como destino. Entre todas as experiências que lá tive, uma foi, para mim, a mais marcante: a trilha Laguna 69, próxima à cidade de Huaraz (a cerca de 400 km de Lima). Foram 14 km, 5h30 de caminhada, chegando a 4,6 m de altitude. Durante o percurso, teve sol, chuva e neve, mas a recompensa foi uma vista de tirar o fôlego (literalmente – risos) e a sensação de ter vivido a melhor experiência da vida!

Em tempo: Se o seu forte não é o planejamento, muitas empresas e agências oferecem pacotes a preços acessíveis e com pagamento parcelado. Aqui ou no exterior, pesquise e embarque para o seu sonho!

Ana Jachelli Sánchez
Comunicação Interna
Sede Flamengo

Senac RJ

Samba e tradição!

A quadra de um dos principais blocos do carnaval de rua do Rio de Janeiro é uma referência no quesito tradição do samba e uma pedida para lá de especial para um passeio incrível de fim de semana! O Cacique de Ramos é considerado um local histórico, onde surgiram grandes nomes da MPB. Zeca Pagodinho, Beth Carvalho e Fundo de quintal são apenas alguns artistas que começaram suas trajetórias por lá.
A quadra fica localizada no coração do subúrbio carioca, em Olaria,
Todo terceiro domingo do mês, a partir das 17h, acontece uma roda de samba concorrida, com entrada gratuita e uma feijoada famosa (diferente da entrada, a iguaria é paga e custa entre R$ 25 e R$ por prato). A melhor forma de chegar até a quadra é indo de trem ou BRT. Muito mais do que ouvir um bom samba, visitar o Cacique de Ramos é conhecer (e participar) um pouco mais da história do Rio.
Informações: www.caciquederamos.com.br


Rosana Almeida
Auxiliar Administrativa
Unidade Madureira